Topics Guia de Investimento Crypto
Bybit Learn
Bybit Learn
Beginner
6 янв. 2022 г.

Como gerenciar um portfólio de cripto (5 jeitos fáceis)

Entre traders iniciantes, é comum se concentrar em apenas uma única moeda. Isso faz com que o desempenho desses investidores dependa do sentimento de mercado, dos desenvolvedores e da comunidade por trás desse único projeto.

Construir um portfólio balanceado pode ajudar a proteger contra perdas excessivas, pois alguns projetos terão uma performance melhor do que outros. Nos próximos minutos, vamos discutir o que é um portfólio de criptoativos, os benefícios dele e quais ferramentas podem ajudar você a gerenciá-lo.

O que é um portfólio de criptoativos?

Um portfólio de criptoativos é uma cesta de ativos digitais, consistindo de criptomoedas e tokens. O objetivo dos investidores em cripto é melhorar seus retornos, ajustados pelo risco, por meio da diversificação de seus investimentos em criptoativos.

Fonte: CoinMarketCap

Para muitos iniciantes, investir em cripto significa comprar e manter Bitcoin. Você sabia que existem mais de 10.000 criptoativos disponíveis no mercado? Não é viável comprar todos eles para o seu portfólio, e você nem deveria querer isso. Os cinco criptoativos com os maiores níveis de capitalização compõem 76% do valor de mercado total dessa classe de investimentos.

O imenso número de criptos disponíveis é um bom indicador do potencial futuro desse setor. Sendo assim, faz sentido incluir criptos no seu portfólio global de investimentos. 

Antes de nos aprofundarmos nos métodos para construir seu portfólio cripto, vamos explicar alguns dos benefícios que ele pode proporcionar.

Por que ter um portfólio balanceado

A maioria dos investidores iniciantes em cripto acredita que comprar cripto significa apenas manter Bitcoin, na esperança que seu valor chegue a $1 milhão por moeda. Comprar Bitcoin é um lugar para se começar. Mas você não pode aprender a correr sem antes aprender a andar.

Como vimos em 2021, há momentos em que os investidores favorecem o Bitcoin e outros em que a principal criptomoeda perde popularidade. No início do ano, o preço do Bitcoin entrou em alta acelerada com especulações sobre sua adoção institucional e inclusão em balanços corporativos. Essa perspectiva favorável se reverteu rapidamente poucos meses depois, quando debates sobre o consumo de eletricidade da criptomoeda e sua pegada de carbono começaram a se intensificar.

Investidores que tiverem apenas Bitcoin em seus portfólios enfrentarão oscilações em um mercado volátil. 

Para balancear, diversifique

A primeira vantagem de um portfólio balanceado é a diversidade. Ao manter uma única moeda, você estará suscetível aos altos e baixos das notícias que afetarem aquele ativo. 

Um outro exemplo dessa dinâmica é o Ripple. Recentemente, os órgãos governamentais dos Estados Unidos começaram a investigar se o Ripple estaria infringindo normas regulatórias. A notícia causou uma venda generalizada de Ripple. Os criptoativos estão sujeitos a pouca ou nenhuma regulação, e a legislação aplicável a eles ainda está sendo criada. Por isso, se você investir em somente uma moeda, os retornos do seu investimento estarão atrelados ao desempenho daquele único ativo.

Melhor chance de adquirir ativos com desempenho excepcional

Uma vantagem secundária de se ter um portfólio cripto balanceado é que, quando você distribui os seus investimentos, ganha uma melhor chance de escolher um ativo com desempenho excepcional. O motivo de haver 10.000 criptoativos no mercado é que cada um deles está tentando resolver algum problema do mundo real por meio de tecnologias cripto. 

O Bitcoin é a maior e mais antiga criptomoeda, e ela tem resistido ao teste do tempo. No entanto, não sabemos se algum dia haverá outra moeda mais valiosa do que o Bitcoin e se essa nova moeda será melhor em algum aspecto fundamental. Quando você for pesquisar criptoativos, procure projetos com potencial de resolver problemas do mundo real. Por exemplo, a solução da Chainlink para o problema dos oráculos pode ser uma alternativa potencial que decolará algum dia.

Para rebalancear, diversifique

Finalmente, ter um portfólio diversificado permite rebalancear o seu portfólio para que ele não fique concentrado demais em determinados ativos.

Por exemplo, vamos supor que você investiu em três moedas: moeda A, moeda B e moeda C.

Você decide alocar 50% para a moeda A, 25% para a moeda B e 25% para a moeda C. Além disso, você opta por permitir um desvio máximo de 10% nessas porcentagens. Aí, o preço da moeda A dispara e ela acaba ocupando 60% do seu portfólio de cripto. Nesse momento, você decide vender uma parte das suas moedas A e comprar mais moedas B e C, de forma a rebalancear seu portfólio de volta para a proporção 50-25-25. Dessa forma, você está usando os ganhos da cripto com melhor desempenho para financiar o restante do seu portfólio. 

5 maneiras de gerenciar seu portfólio

Ter um portfólio de cripto balanceado é meio caminho andado para a criação de uma carteira de investimentos sustentável. Investir em ativos digitais é uma opção relativamente nova, com muitas terminologias intimidantes.

Antes de mergulhar de cabeça, separe um tempo para aprender e analisar os fundamentos desses ativos. Quando chegar a hora de começar a construir seu portfólio, veja a seguir cinco pilares fundamentais que podem lhe ajudar a balancear e gerenciar seu portfólio de cripto. 

Média de custo em dólar

Muitos investidores não têm uma grande bolada de dinheiro disponível para transferir dos investimentos tradicionais para o portfólio de cripto de uma vez só. Sendo assim, fazer pequenos investimentos periódicos com a renda que vai entrando, independentemente dos preços dos criptoativos, é uma ótima maneira de construir gradualmente o seu portfólio. A estratégia conhecida como média de custo em dólar é um dos melhores métodos de construção de portfólio e funciona bem tanto em mercados de alta quanto de baixa.

Média de custo em dólar (DCA) é um sistema automatizado em que é investido um valor fixo em dólares, independentemente do preço do ativo. Ao entrar no investimento em incrementos uniformes, você estará amenizando a ansiedade de não acertar perfeitamente o timing do mercado. Se o preço da criptomoeda subir, você continuará aumentando a quantidade do ativo na sua carteira, mesmo em um forte mercado de alta. Se o preço cair, você poderá comprar um número maior ainda de moedas, pois o valor em moeda fiat (dólar) do seu investimento permanecerá fixo.

Use um aplicativo de gerenciamento de portfólio

Uma das maiores vantagens da criptoeconomia é a natureza descentralizada de muitas moedas. Conforme você constrói o seu portfólio, poderá ter que lidar com várias carteiras, exchanges e plataformas diferentes, para poder aproveitar diversas promoções. Com isso, pode ficar complicado gerenciar o seu portfólio em todas essas carteiras ao mesmo tempo e tentar lembrar onde você colocou cada cripto.

Gerenciadores de portfólio cripto são uma maneira de resolver esse problema. O gerenciador de portfólio é um software que lê os dados das suas carteiras e exibe as informações agregadas em um painel de controle unificado. Com ele, fica mais fácil acompanhar o quanto você investiu em cada criptomoeda. Se um ativo registrar um desempenho melhor do que outro, você poderá visualizar o aumento da participação dele no seu portfólio global.

Fonte: CoinMarketCap.com

Além disso, a maioria dos gerenciadores de portfólio permite que você faça trades em diversas exchanges de cripto, inclusive a Bybit, diretamente a partir do aplicativo. Esses programas proporcionam uma conveniência adicional, na medida em que você não precisa fazer login em cada exchange para fazer seus trades. No entanto, essa comodidade geralmente tem um preço.

Um outro benefício importante oferecido pelos softwares de gerenciamento de portfólio é o planejamento e a preparação tributária. Por exemplo, nos Estados Unidos, o portfólio de criptomoedas é considerado como patrimônio. Sendo assim, a venda de cripto é enquadrada como fato gerador de imposto. Seria necessário saber a base de custo do patrimônio em cripto para calcular corretamente os efeitos tributários. Até mesmo situações como os juros obtidos através de staking podem alterar a base de custo do criptoativo. Sendo assim, traders de cripto muito ativos geram um grande número de transações que precisam ser analisadas para fins tributários. Um aplicativo de gerenciamento de portfólio pode ajudar a organizar essas transações, para fins contábeis.

Escolha um gerenciador de portfólio cripto

Os aplicativos de gerenciamento de portfólio oferecem diversas funcionalidades, mas não deve ser difícil escolher um deles. 

1º passo: Para cada aplicativo, defina quais as vantagens oferecidas e quais problemas ele resolverá para você. Não se esqueça do tempo gasto organizando seus trades para calcular suas responsabilidades tributárias.

2º passo: Pesquise os recursos de segurança do aplicativo. Vários aplicativos de gerenciamento de portfólio se conectam às exchanges de cripto e, por isso, é essencial proteger suas moedas.

3º passo: A prática é amiga da perfeição. Vários desses aplicativos oferecem períodos de teste gratuito para você poder brincar com eles por um tempo.

4º passo: Procure um layout simples, despoluído e fácil de usar. Você não vai querer gastar tempo tentando decifrar como usar o seu gerenciador de portfólio. Um design intuitivo facilitará o gerenciamento do seu portfólio cripto.

Agora que você sabe o que procurar, aqui estão vários gerenciadores de portfólio que podem ser do seu interesse.

Seja racional

Os preços dos criptoativos podem ser extremamente voláteis, com fortes oscilações em ambas as direções. As tecnologias de blockchain — das quais as criptomoedas são o combustível — são relativamente novas e imensamente empolgantes. No entanto, não deixe esse oba-oba todo exacerbar suas emoções.

O chamado FOMO (“fear of missing out”, ou medo de ficar de fora) é um dos principais motivos de falhas no gerenciamento de portfólio. Traders que se deixam levar pela emoção acabam comprando na alta, só para depois amargar uma grande correção de preços. Além disso, podemos ficar bastante angustiados quando o mercado despenca 30% — pois não sabemos se a correção se aprofundará ainda mais, chegando aos 70%, por exemplo.

Traders e investidores bem-sucedidos no mercado cripto sempre mantêm a racionalidade em seus planos e objetivos. Mesmo assim, continuará havendo boas oportunidades de investimento para aumentar o saldo total do seu portfólio. O uso de análise técnica elimina o fator emoção e ajuda você a fomentar uma maior disciplina nas estratégias de trade. Tudo que você precisa fazer é seguir o plano à risca.

Desenvolva uma estratégia de saída

Todo bom plano precisa incluir uma estratégia de saída. A ciência diz que, quando nossos trades estão indo bem, nosso cérebro libera dopamina e nos faz sentir bem sobre nossas decisões. 

Se não houver um plano de saída, essa sensação prazerosa irá gerar um feedback positivo que nos fará manter a posição. Se os ganhos aumentam, lá vem mais dopamina, fazendo-nos segurar o trade mais um pouco. Aí, o mercado desmorona, mas, ainda assim, mantemos a esperança de uma recuperação. No melhor cenário, isso realmente acontece e as criptos iniciam um novo rali. Mas há também o pior cenário: a correção se aprofunda cada vez mais.

Toda grande tendência acaba um dia. Sim, é verdade que tendências fortes podem durar muito mais do que as pessoas previam. Mas, eventualmente, acontecerá uma supersaturação e a inversão do movimento.

Bons traders elaboram um plano de saída ANTES de iniciar um trade. Dessa forma, ficam claros os preços aos quais trade será encerrado, seja para realização de lucro ou para fechar com prejuízo. Novamente: siga o plano.

Como diversificar seu portfólio

Toda boa estratégia de gerenciamento de portfólio incluirá a diversificação dos investimentos. Você já ouviu aquele ditado que manda não colocar todos os ovos na mesma cesta. Assim, se a cesta cair, você não perderá todos os seus ovos.

Cria-se muito oba-oba em torno de certas criptomoedas altamente dinâmicas e com alto desempenho. Uma parte dessa empolgação é válida, pois algumas criptos resolvem problemas do mundo real e têm, de fato, um futuro promissor. Há outras criptos que também resolvem problemas reais, mas a realidade é que nosso mundo ainda está dominado por empresas e finanças tradicionais. 

Dois criptoativos altamente voláteis e não correlacionados podem se contrabalançar e proporcionar excelentes retornos ajustados pelo risco. A má notícia é que muitas criptomoedas são fortemente correlacionadas. Por conta disso, diversificar seu portfólio cripto pode ser um desafio. Ainda assim, é possível.

Primeiro, planeje a base do seu portfólio. Quais são os criptoativos com alta capitalização de mercado e com forte potencial futuro? Em segundo lugar, pense em investir uma parte do seu portfólio em stablecoins que você pode emprestar a juros altos. Usar uma parte do seu portfólio como conta de poupança com alto rendimento significa que uma parte dos seus investimentos sempre estará rendendo – mesmo em mercados de baixa.

Terceiro, pense em investir pequenas quantias em projetos incipientes com alto índice de crescimento. Esses projetos podem ainda estar correlacionados com as perdas e ganhos do mercado cripto mais amplo, mas, se um deles decolar, o crescimento adicional poderá aumentar o valor global do seu portfólio.

Faça a sua lição de casa, pesquisando os fundamentos dos tokens nativos dos projetos cripto. Às vezes, o preço atual não reflete o real valor que o token está trazendo para a criptoeconomia.

Quanto você deve investir em Bitcoin?

Se você vai investir, quanto é demais? Aqui estão algumas sugestões de coaches financeiros:

1.    Dan Wagner: Invista menos de 10% do seu portfólio em cripto.

De acordo com Dan Wagner, fundador da Exponential Growth Financial, “os investidores não devem ter mais do que 10% de seu portfólio global investido em cripto.”

Dan também relembra que você não poderá usar cripto para pagar grandes dívidas. Se a sua renda não está durando até o fim do mês, criptoativos não são a solução para esse problema.

2.    Salah-Eddine Bouhmidi: Para cripto, uma faixa de 1–5% é proveitosa.

Salah-Eddine Bouhmidi, chefe de Mercados na IG, diz que “investidores com orientação clássica devem manter baixa a sua exposição a ativos altamente especulativos. Dependendo do perfil de risco, 1-5% do portfólio é uma faixa proveitosa para a exposição física às criptos.”

Salah-Eddine também observa que investidores com perfil arrojado podem alocar até 20%, mas esse risco se torna extremamente alto e o portfólio ficará exposto a muita volatilidade.

3. Vrishin Subramaniam: 2–5% do seu patrimônio líquido

Em um artigo recente na revista Time, Vrishin Subramaniam, fundador e planejador financeiro na CapitalWe, revela que “2-3% é o que geralmente vemos para a maioria dos clientes que não acompanham os mercados cripto mais do que uma vez por semana.”

Subramaniam recomenda esses valores conservadores como parte de uma estratégia de “esperar para ver”, até sabermos mais sobre o desempenho a longo prazo dos criptoativos.

Considerações finais

Construir o seu portfólio de cripto não precisa ser algo complicado. No entanto, isso requer um plano e, talvez, uma ajudinha de um aplicativo de gerenciamento de portfólio. Mesmo que você não tenha dinheiro sobrando para investir agora, poderá usar o método da média de custo em dólar para ir montando um portfólio balanceado. Assim como com qualquer investimento, você deve pesquisar os fundamentos de um criptoativo antes de comprá-lo. Muitas vezes, o valor do seu portfólio dependerá da qualidade do seu gerenciamento dos ativos.

Isenção de responsabilidade

Este artigo tem a finalidade de servir como referência e deve ser usado somente para esse fim. As informações disponibilizadas por meio da Bybit não constituem assessoria e nem recomendação de que um investimento ou uma estratégia de negociação seriam adequados para uma determinada pessoa. Essas previsões são baseadas em tendências do setor, circunstâncias que envolvem os clientes e outros fatores, e elas envolvem riscos, variáveis e incertezas. Não existe qualquer garantia, explícita ou implícita, quanto à exatidão de qualquer previsão, projeção ou afirmação preditiva contida aqui. Os usuários deste artigo concordam que a Bybit não se responsabiliza por qualquer decisão de investimento feita por eles. Antes de negociar, busque orientação profissional.